Avaliação de Riscos na Pipe Masters

Home   /   Indústria   /   Avaliação de Riscos na Pipe Masters
avaliação de riscos

 

A avaliação de riscos é uma das principais ferramentas num sistema de gestão de segurança e uma obrigação legal por parte das entidades patronais. Esta, permite planear e organizar a gestão da segurança de forma a prevenir a ocorrência de acidentes de trabalho e doenças profissionais.

 

As medidas de prevenção no local de trabalho visam diminuir os riscos existentes e as possíveis consequências, uma vez que, nem sempre é possível eliminar os perigos na totalidade. Assim, torna-se crucial fazer uma correta identificação dos perigos e avaliação dos riscos para se conhecer o nível de risco adequado.

 

O setor da metalomecânica representa uma atividade com grande número de acidentes de trabalho, incluindo acidentes graves e mortais.

 

Os serviços de SST de uma organização tem por objetivo assegurar as devidas condições de segurança e saúde aos seus trabalhadores. Neste aspeto, o empregador tem como obrigações (artigo 15.º da Lei n.º 102/2009, de 10 de setembro, alterada pela Lei n.º 3/2014, de 28 de janeiro).

 

A avaliação de riscos permite:

  • Determinar os níveis de risco;
  • Escolher as prioridades de atuação;
  • Estabelecer medidas preventivas e/ou corretivas;
  • Verificar a funcionalidade das medidas já existentes;
  • Detetar as necessidades de formação dos trabalhadores;
  • Permitir a participação dos trabalhadores.

 

 

Processo de gestão do risco profissional

 

A gestão do risco profissional deve ser entendida como um processo dinâmico e técnico-científico que visa eliminar, minimizar ou controlar o risco profissional dos trabalhadores no seu local de trabalho. Este processo permite ao empregador tomar medidas preventivas e corretivas de forma mais eficaz e possibilita a definição de prioridades de ação que efetivamente assegurem e/ou melhorem a saúde e a segurança dos trabalhadores.

Uma adequada avaliação dos riscos profissionais constitui a base de uma efetiva gestão em saúde e segurança do trabalho, sendo uma ferramenta fundamental para a prevenção dos riscos profissionais e, consequentemente, para a redução dos acidentes de trabalho, das doenças profissionais e de outras doenças ligadas ao trabalho.

Este processo desenvolve-se em três principais vertentes: análise do risco; avaliação do risco e gestão do risco.

 

 

Avaliação de Risco na Pipe Masters

 

Existem vários métodos como ferramenta da análise risco, geralmente na Pipe Masters utiliza-se o Método Probabilidades e Consequências, tendo por objetivo a quantificação dos riscos e sua hierarquização face às prioridades de intervenção, este método foi desenvolvido pelo INSHT – Instituto Nacional de Seguridad e Higiene en el Trabajo a partir de um modelo concebido por Kinney.
O ponto de partida é a deteção das não conformidades nos locais de trabalho para, em seguida, se proceder à estimativa da probabilidade de ocorrer um acidente e, face à magnitude, avaliar o risco associado a cada uma das consequências. Este modelo apresenta os níveis de risco, probabilidade e consequências, desagregados numa escala com várias possibilidades.

Precisa de algum esclarecimento? Deixe-nos os seus dados! Entraremos em contacto consigo para lhe explicar com mais pormenor as medidas que aplicamos na empresa para assegurar a segurança de todos.

 

 

FALAR COM ESPECIALISTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *